NOTÍCIAS

Vila Nova passa pelo Joinville nos pênaltis e avança na Copa do Brasil
23/02/2018
Foto: Divulgação/Vila Nova

O Vila Nova entrou em campo na noite desta quinta-feira, dia 22, e proporcionou ao público um espetáculo emocionante, dramático e, no fim, feliz. O jogo válido pela segunda fase da Copa do Brasil diante do Joinville teve vários capítulos, desde a homenagem, até preocupação, tensão na disputa de pênaltis e a alegria do torcedor pela classificação ao “estilo Vila Nova” de ser.

Antes de a bola rolar, o atacante Mateus Anderson foi homenageado por completar cem jogos defendendo a camisa profissional do Tigrão. Em campo, a partida reservou muitas emoções na etapa final.

Os visitantes abriram 2 a 0 com gols de Evaldo e Rafael Grampola.Embalado pelos mais de 12 mil colorados presentes no Serra Dourada, o Vila foi buscar o empate e chegou a igualdade com Keké e Ramon a poucos minutos do fim, levando ao delírio o torcedor na arquibancada.

A decisão da vaga foi para os pênaltis e aí brilharam as estrelas de todos os jogadores colorados, que não erraram suas cobranças, e também do goleiro Mateus Pasinato, que defendeu um pênalti e ainda viu outra cobrança ir para fora. Com isso, a disputa terminou em 4 a 2, sem necessidade da quinta cobrança.

Na próxima fase o Vila enfrentará o Ferroviário-CE em dois jogos. A primeira partida acontece em Fortaleza-CE, no meio de semana que vem, mas antes disso, o Tigrão encara o Atlético pelo Goianão.

Vitória na aposta

Outra vitória no jogo foi a aposta feita entre as diretorias de Vila Nova e Goiás. O time que levasse menor número de torcedor teria que pagar uma tonelada de alimentos para o Hospital do Câncer Araújo Jorge. O rival, que também se classificou nos pênaltis na quarta-feira, levou 8.449 pagantes, enquanto o Tigrão levou 10.954 pagantes, e um total de 12.186 torcedores. O torcedor colorado vai continuar cantando "a maior da capital".

Fonte: Assessoria de Imprensa | Vila Nova




OUTRAS NOTÍCIAS